• Paty

As Aventuras de Paty O ensaio fotográfico

Atualizado: 26 de set. de 2021


Depois da experiência com JP, descobrimos que pegamos gosto pelo ménage masculino.

Decidimos então procurarmos um site para facilitar a nossa procura, e ela surtiu efeito.

Encontramos o sexlog.

Eu mesma criei o nosso perfil e depois pedi ao corninho que fizesse uma revisão dentro daquilo que queríamos.

Surgiu assim o usuário “buscando_tesao”, com o perfil ainda praticamente cru conhecemos

o segundo e provável candidato saciar o fogo da Paty ou seja, o meu fogo.

Comecei a conversar com um fotógrafo, que conforme falou, já estava no meio liberal à aproximadamente 10 anos.

Fiquei excitada pois não poderia ter um padrinho melhor.

Trocamos informações básicas e depois as conversas foram ficando cada vez mais ousadas e picantes a ponto de me masturbar, e fazer o corninho tocar punhetinhas para mim, minha excitação era tão grande que não me contentava mais em ficar só no virtual.

Marcamos então um encontro, o mesmo ficou combinado para ser na nossa casa, onde eu faria as honras.

No dia combinado lá estávamos os três, ele trouxe todas as ferramentas de sua profissão e ganhei um ensaio sensual, sob os olhares do corninho que observava em primeira mão as caras e bocas as quais a lente não conseguia captar.

Coloquei uma lingerie vermelha fio dental de renda, uma micro saia preta e um salto, e fui clicada, apalpada, chupada e devorada!

Eu ainda um pouco tímida me dirigi até o quarto onde troquei de lingerie colocando uma na cor preta.

Pois o meu fotógrafo queria tirar umas fotos na nossa cama. O momento era caloroso e não resistimos, fomos nos despedindo e eu como uma boa moça fui me entregando, eu queria, eu precisava ser devorada por aquele comedor!

Fui pega de todas as formas, e cada momento daquela tarde maravilhosa valeram à pena.

Sua boca voráz atacava a minha ppkinha como se estivesse com muita sede, e eu esfregava ela naquela boca como se nunca tivesse sentido tanto prazer.

Eu salivava, e queria aquele pau, tirei para fora da cueca e comecei a sugar desde a cabecinha até o saco. O corninho ao assistir sua esposinha se entregando toda não resistiu e mesmo antes de eu ser penetrada de quatro, que é minha posição preferida ele gozou fartamente. Me senti a putinha mais feliz naquele momento, e como era bom sentir aquele caralho no meio das minha pernas, entrando e saindo da minha ppkinha, trocamos de posição e eu como uma boa amazona cavalguei aquele garanhão até saciar minha vontade, e gozarmos intensamente e eu dei aquela gargalhada que é a minha marca registrada de quando eu estou à gozar.

Então ordenamos ao corninho para que viesse limpar toda nossa bagunça.

Enquanto o meu comedor. foi tomar um banho o corninho obediente limpava toda minha ppkinha e sentia o gostinho e cheiro de pica de macho que dominava o nosso quarto.

Para finalizar ordenei ao corninho que experimentasse colocar seu pauzinho de corno na minha ppkinha para sentir como meu macho à havia deixado. E ele como um bom maridinho obedeceu, e disse que ela estava tão abertinha que seu pauzinho ficava dançando dentro dela. Disse para ele que de agora em diante eu ia dar para quem eu quisesse.

Nos despedimos, e eu ainda com o cheiro e o gosto de macho dei lhe um beijo de despedida.

E enfim eu me sentia preparada para o que havia me tornado!

A Hotwife que sempre quis ser, e ansiosa para a próxima aventura!!














614 visualizações5 comentários

Posts recentes

Ver tudo